NOTÍCIAS

28/07/2017 - Prêmio “Guerreiro Ramos” de Gestão Pública – 2017 distribui premiação de 20 mil reais



O Prêmio Guerreiro Ramos de Gestão Pública foi criado em 2010 com o objetivo de premiar, anualmente, gestores públicos que tenham realizado benefícios substanciais para a sociedade por meio de uma gestão moderna e eficiente. Também premia trabalhos acadêmicos que versem sobre as obras e teorias de Alberto Guerreiro Ramos.

A Câmara de Gestão Pública (CGP) do Conselho Federal de Administração (CFA) é responsável pela realização e constante melhoria desse importante prêmio para a gestão pública do nosso país.

Nesta edição, além de certificados e troféus, serão distribuídos mais de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) em prêmios, contemplando quatro modalidades: Gestor Público, Pesquisador Guerreiro Ramos, Jovem Pesquisador Guerreiro Ramos e Inovação na Administração Pública.

O novo regulamento do concurso, prevê, ainda, a escolha de um vencedor na modalidade Gestor Público indicados pelos CRAs, o qual concorrerá em nível nacional com os demais candidatos indicados pelos Conselheiros Federais.

As inscrições para todas as modalidades vão até o dia 30 de setembro de 2017 e serão realizadas exclusivamente no site http://www.guerreiroramos.org.br. Todas as informações como edital e regulamento estão disponíveis  no mesmo endereço.

Quem foi


Alberto Guerreiro Ramos se destacou por sua grande relevância política e acadêmica. Nascido em 13 de setembro de 1915, em Santo Amaro da Purificação-BA, teve grande importância nas ciências sociais no Brasil. Sua relevância é tamanha que, em 1956, ao analisar a situação da sociologia na segunda metade do século XX, Pitirim Sorokin o incluiu entre os autores que contribuíram para o progresso da disciplina. Guerreiro Ramos se diplomou em ciências pela antiga Faculdade Nacional de Filosofia, no Rio de Janeiro. Um ano depois, ele se formou em Direito. Guerreiro Ramos foi professor visitante da Universidade Federal de Santa Catarina, professor da Escola Brasileira de Administração Pública (EBAP) da FGV e dos cursos de sociologia e problemas econômicos e sociais do Brasil promovidos pelo Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP). A trajetória acadêmica de Guerreiro Ramos não se limitou ao Brasil. O professor e sociólogo pronunciou conferências em Pequim, Belgrado e na Academia de Ciências da União Soviética. Em 1955, foi conferencista visitante da Universidade de Paris. Nos anos de 1972 e 1973 foi “visiting fellow” da Yale University e professor visitante da Wesleyan University. Guerreiro Ramos deixou o país em 1966, radicando-se nos Estados Unidos, onde passou a lecionar na Universidade do Sul da Califórnia. Jornalista, colaborou em O Imparcial, da Bahia, O Diário, de Belo Horizonte, e Última Hora, O Jornal e Diário de Notícias, do Rio de Janeiro. Em 2009, o CFA reeditou uma das principais obras de Guerreiro Ramos, “Uma introdução ao Histórico da Organização Racional do Trabalho”. O livro contribui até hoje para o mundo acadêmico. Ainda nos dias atuais os professores e estudantes de Administração não encontram conteúdo semelhante ao relatado na obra.















Compartilhe: « Voltar

Informativo CRA-RN

Insira seu e-mail abaixo para
receber informações sobre o
CRA-RN:

CRA/RN - Rua Auris Coelho, 471 - Lagoa Nova | Natal/RN
Tel: (84) 3234-6672 | cra-rn@crarn.com.br
Horário de Funcionamento: 12hs às 17hs