FRENTE PARLAMENTAR MISTA DA GESTÃO PÚBLICA TEM APOIO DO SISTEMA CFA/CRAs


Foi realizada no dia 11 de junho, no Senado Federal, a primeira reunião da Frente Parlamentar Mista para a Gestão Pública. O evento contou com a presença do superintendente do Conselho Federal de Administração (CFA), Adm. Douglas Evangelista Neto que, na ocasião representou o presidente da autarquia, Adm. Sebastião Luiz de Mello.

A Frente, presidida pelo deputado federal, Luiz Pitiman (PMDB-DF), foi criada com o objetivo de aperfeiçoar e aumentar a eficiência da gestão pública em todo o país. “Essa é uma frente que nasce do desejo de mais de 240 deputados e senadores de não mais se omitirem nas discussões qualidade da gestão pública. Entendemos que, somente com uma construção de um diálogo entre o parlamento, o executivo e o judiciário, é possível mudarmos a imagem ruim que o cidadão tem dos três poderes”, disse o deputado.

Para o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Carlos Ayres de Britto, essa Frente inaugura “uma era de maiores cuidados para com a coisa pública, sob princípios constitucionais republicanos e democráticos”. Ele disse, ainda, que se sentiu honrado por participar do lançamento. “Agradeço por testemunhar o lançamento de uma Frente Parlamentar que vai inaugurar uma nova cultura política no nosso país, modificando não apenas comportamento, mas nos modificando culturalmente”, afirmou o ministro.

A Frente Parlamentar Mista para a Gestão Pública é formada por mais de 240 parlamentares. Além disso, a iniciativa conta com 27 representações estaduais e 11 coordenações setoriais nacionais que vão discutir a gestão de diversos setores como educação, saúde, segurança, transporte, entre outros. “Vamos construir com o Judiciário, Executivo e Legislativo um marco regulatório da gestão pública no país e fazer com que o cidadão realmente seja compensado pelo imposto que paga”, declarou o deputado Luiz Pitiman.

Defensor da profissionalização na gestão pública, o CFA apoia a criação da Frente Parlamentar Mista para a Gestão Pública. Já preocupado com a eficiência do serviço público, o Conselho lançou em 2011 o Movimento Brasil Profissional cujo objetivo é mostrar a importância do país ter profissionais éticos, comprometidos com os valores morais e devidamente registrados nos seus conselhos, conscientes da sua conduta e sua posição perante a sociedade.

Fonte: Conselho Federal de Administração | Agência Brasil



Voltar